Estrias

Estrias

 Causas

 

Independentemente da gravidez, há quem culpe certas modificações hormonais, que favoreceriam o aparecimento de estrias. São apontadas como causas básicas obesidade, vida sedentária e má alimentação, além de certa propensão hereditária.

O consumo de massas, açúcar, doces, frituras, alimentos gordurosos, carnes, embutidos, fast-food e guloseimas, figura entre as causas dietéticas. Escondidas nos alimentos modernos há inúmeras substâncias que ameaçam o delicado equilíbrio bioquímico de nosso organismo. Entre as maiores ameaças figuram os hormônios sintéticos, como o dietil-estil-bestrol, usado irresponsavelmente na engorda do gado, para aumentar o lucro de alguns criadores. Esse hormônio traz conseqüências desastrosas para a saúde, podendo inclusive tocar na higidez da pele.

 

Sugestões naturais

Estrias são “riscas” esbranquiçadas e irregulares, semelhantes a pequenas cicatrizes, que se destacam da pele normal, aparecendo habitualmente em mulheres, na barriga, nádegas, coxas, mamas. Ocorrem devido à perda de elasticidade da pele, onde o colágeno substitui as fibras elásticas. Na gravidez, quando há estiramento da pele no abdome e profundas alterações hormonais, costumam surgir estrias.

Embora não se conheça tratamento específico e eficaz, sabe-se que o estilo de vida saudável ajuda a prevenir estrias. Praticar exercícios físicos regularmente e alimentar-se corretamente evitam e amenizam não só as manifestações de estrias mas também de rugas e varizes. A beleza se conquista de dentro para fora.

A desintoxicação é fundamental para restaurar o equilíbrio. Sugere-se a seguinte conduta:

1.      Pelo menos um dia por semana, tomar só sucos, ou comer só frutas. Manter, nesse dia, relativo repouso:

7h – bebida alcalinizante (ver modo de preparar à página 138).

8h — suco de maçã com mamão.

11h — suco de laranja.

14h — suco de melão.

17h — suco de cenoura.

20h — suco de mamão com maçã.

2. Três dias por semana, adotar dieta semicrudista, como a seguinte:

Desjejum — Coalhada (é melhor a coalhada de leite de cabra).

Almoço — Brotos ou cereais germinados, salada crua, legumes cozidos ao vapor, algumas sementes de girassol, arroz integral, tofu.

Jantar — Só frutas (como maçã, uva, morango, pêssego, mamão etc.); uma de cada vez. Havendo muita fome, depois das frutas, comer algumas torradinhas.

Lanches – Havendo fome, fruta, ou suco, ou água-de-coco.

3. Nos demais dias (três dias da semana), proceder a uma dieta naturista normal (ver capítulo 5). Acrescentar algumas amêndoas em cada refeição, pois a amêndoa contém ácidos graxos essenciais, indispensáveis à constituição de pele sadia. Cápsulas de óleo de linhaça (de 2 a 4 de 1000mg ao dia) são também sugeridas.

4. Empiricamente recomenda-se massagear uma vez ao dia as estrias com óleo de amêndoas e, em outro horário, com extrato de fáfia. Quando não for possível obter extrato de fáfia, usar a “gelatina” da folha da babosa.

5. Internamente usar suplementos como Centella asiatica (dose normal, indicada pelo fabricante), levedura de cerveja (de seis a nove comprimidos diários, de 500mg), vitamina E, óleo de germe de trigo (uma ou duas cápsulas de 500mg) e geléia real pura (2 ou 3g diários).

6. Chás de bardana, chapéu-de-couro, cavalinha e dente-de-leão ajudam a restaurar o equilíbrio global do corpo, e são indicados para a saúde da pele. Misturar os dois primeiros (bardana e chapéu-de-couro) e tomar duas ou três xícaras ao dia durante 5 dias (duas colheres, das de sopa, para meio litro de água; ferver e filtrar). Alternar com os dois últimos (cavalinha e dente-de-leão), que devem ser tomados por mais cinco dias. Ir alternando desse modo por alguns meses. Descansar durante uma semana por mês, em que se toma água com limão em abundância, e nenhum chá.

7. Aplicar pasta de argila fina com água pura e azeite de oliva durante uma hora, diariamente.

8. Tomar um banho diário de tronco, massageando com água fria os locais afetados, para estimular a circulação. Veja como proceder à página 105.

 


Programa Saúde Total

Levando informações aos ouvintes sobre saúde e qualidade de vida, valorizando os benefícios da natureza: ar puro, atividade física, água, luz solar, alimentação, repouso, abstinência e muito mais.